Um Sonho Possível

Posted: 26 de mar de 2010 by leo in Marcadores:
8


Michael Oher é um jovem negro , filho de mãe viciada e não tinha onde morar.Com boa vocação para os esportes , um dia ele foi avistado pela família de Leigh Anne Tuohy andando em direção ao estádio da escola para poder dormir longe da chuva.Ao ser convidado para passar uma noite na casa dos milionários , Michael não tinha idéia que aquele dia iria mudar pra sempre sua vida , tornando-se mais tarde um astro de futebol americano.

Somente pela sinopse do filme eu nunca me vi interessado pelo filme , filmes com a temática futebol americano nunca me chamaram a atenção e esse não foi excessão , e me arrisco a dizer que foi um dos mais medíocres que já assisti.
Primeiramente achei interessante como o filme foi apresentado de forma criativa e diferente , pena que o criativo e diferente ficou somente pra cena inicial.
O roteiro é triste (no péssimo sentido) sem graça , bobinho e cai em diversos clichês que seria facilmente fugir deles mas o roteiro falho de John Lee Hancock é realmente irritante.

Falando em John Lee Hancock ele é o cara que leva o filme pro inferno , além de fazer um roteiro mal feito , a direção não arrisca , usa recursos que vemos em seriados como Cold Case é realmente triste de ver como uma pessoa é sem criatividade como John Lee.
Já o elenco do filme é meio frustrante , tão frustrante que o que mais funciona em todo elenco é a ótima química entre a dupla Quinton Aaron e Jae Head que nos entrega os momentos mais descontraídos do filme (já que é na descontração que o filme ganha mais força , lembrando que é um filme dramático) , Tim McGraw é apagado mesmo sendo com ele a cena mais importante do filme.

Já na tão falada (e babacamente premiada) atuação de Sandra Bullock chega a dar vergonha de saber que tanta gente votou pra Bullock vencer um Oscar de Meryl Streep,Gabourey Sidibe e Carey Mulligan , a personagem é apagada , insossa e não tem aquele brilho pra ser tornar memorável , infelizmente.

Por fim a impressão que eu tive quando terminei de assistir a Um Sonho Possível é que assisti a só mais um filme normal , sem a hype da temporada de premiações sem nada , somente mais um filme pra fazer bilheteria.
Filme aborrecido que somente é agradável que nem simpático consegue ser , se quer assistir repensa e escolhe outro.


Sinopse retirada do Adoro Cinema

Nota:4/10

Um Sonho Possível (The Blind Side,2009)
Diretor:
John Lee Hancock
Roteiro:John Lee Hancock
Elenco:Sandra Bullock , Tim McGraw , Quinton Aaron , Jae Head , Lily Collins , Ray McKinnon , Kim Dickens , Adriane Lenox , Kathy Bates

8 comentários:

  1. Gostei do seu texto, mas acho q vc subestimou a Bullock.

  1. leo says:

    pelo que vi do seu texto você gostou da atuação dela.
    Eu não achei isso tudo realmente , achei todas as indicadas melhores do que ela , realmente não gostei muito.
    Brigado pela visita , abraços

  1. Acho que você foi um pouco duro com o filme(rsrs), é claro que ele é ruim, mas acho que os americanos gostam de dramas baseados em fato e ainda por cima com o futebol por trás. E a Bullock, bem, sou fã dela mas concordo que ela não merecia levar da Carey.

  1. leo says:

    cara o filme simplesmente não me desceu , rsrs e parece piada mesmo Bullock levando o prêmio da Carey e da Meryl.
    Abraços

  1. Eu achei que pegou pesado com o filme também, mas tenho que concordar que ela nem merecia o Oscar! Todas foram melhores que elas...inclusive Carey Mullighan!

  1. leo says:

    acho que preciso assistir ao filme novamente pra ver mesmo se eu estou pegando pesado , porque ele não me levantou sensação nenhuma , achei bem fraquinho.
    Todas mereciam menos Sandra Bullock.
    Abraços

  1. Esse preciso ver, e se Sandra merecia ganhar, com Carey e Meryl na disputa. ;)

  1. leo says:

    assista mas sem compromisso e pra tirar essa conclusão só você mesmo porque eu achei um vergonha a derrota delas.
    Brigado pela visita .D