Linha de Passe

Posted: 23 de jul de 2010 by leo in Marcadores:
8


Num cotidiano Paulista,conhecemos a família da empregada doméstica Cleuza,viúva e mãe de 4 filhos.Dario que esta prestes a completar 18 anos e com a idade fica cada vez mais longe o sonho de se tornar jogador de futebol,Dênis é motoboy,pai ausente e tem dificuldade pra pagar as parcelas de sua moto,Dinho é o filho evangélico que no passado era um garoto da vida (como os próprios evangélicos diriam sobre ele) e o filho mais novo Reginaldo que vive uma odisséia na procura pelo pai.

Como todos nós sabemos a parte sul do continente americano é altamente influenciada pelo futebol,cinema daqui é um tantinho decandente,mas quando eles resolvem fazer bem feito,eles fazem coisas como esse Linha de Passe.
Ainda falando em futebol,o futebol parece ser a maior válvula de escape de todos os personagens do filme,de todo o caos do dia-a-dia de cada um.
Linha de Passe é um filme repleto de metáforas.E que na minha opinião a mais importante de todo o filme é a pia sempre entupida que na minha percepção simboliza a insatisfação de todos os membros daquela família,Cleuza se depara com uma nova empregada,Dario não consegue de forma alguma um teste,a situação financeira de Dênis é cada vez mais precária (tendo até que pegar dinheiro emprestado com o irmão mais novo pra pagar hotel),Dinho começa a perceber um conduta duvidosa do seu pastor e ainda tem o patrão que sempre desconfia da sua índole,e Reginaldo na sua busca sem resultado algum pelo pai e a sua pia continua entupida,sem parecer que tem homem naquela casa pra resolver aquele problema (palavras da Cleuza).

O roteiro do filme é inteligentíssimo e dificílimo,não facilita a nossa compreensão,nem em sua linguagem complicada e justo nas imagens que mostram as grandes sensações de frustração.Sem contar na construção de cada personagem do filme,os quatro irmãos são bem escritos e estritamente bem interpretados por cada ator.
Todos estão ótimos e destaco João Baldasserini e em sua belíssima cena final e José Geraldo Rodrigues onde interpreta de forma impecável um ex-algo curado e culpado do que fez,mas sem esquecer de suas origens.
Mas o grande destaque do filme é Sandra Coverloni perfeita em todas suas cenas,sem exageros,ela simplesmente incorpora a personagem e faz um trabalho minusciosamente belo e é ótimo ressaltar que foi merecidíssimo sua vitória como como Melhor Atriz em Cannes (que na minha opinião definitivamente não devia se limitar só naquele prêmios).
E como é bom dizer Walter Salles e Daniela Thomas são do Brasil,arrisco a dizer que são melhores diretores brasileiros em atividade e simplesmente não erram,juntos ou separados não importa.

Por fim Linha de Passe é um PUTA golaço do Brasil.


Nota:10/10

Linha de Passe (Idem,2008)
Diretor:Walter Salles & Daniela Thomas
Roteiro:George Moura,Daniela Thomas & Bráulio Mantovani
Elenco:Sandra Coverloni,João Baldasserini,Vinícius de Oliveira,José Geraldo Rodrigues,Kaique Jesus Santos

8 comentários:

  1. Uma agradavél surpresa vindo do cinema brasileiro. Um filme sobre os sonhos e frustrações das famílias pobres brasileiras, que vão desde os desejos de serem jogadores de futebol até a falta de controle de natalidade, passando por muitos outros temas.

  1. Kamila says:

    Eu adorei "Linha de Passe". Acho um filme genial, o melhor nacional no seu ano de lançamento. Walter Salles é mestre!!

  1. Belo filme! Muito tocante e inspirador. Sandra Corvelone está excepcional, mas destaco também o pequeno Kaique Jesus Santos, roubando cenas facilmente.

    Walter Salles e Daniela Thomas é uma dupla que funciona muito bem para o cinema nacional, vide os outros trabalhos que já desenvolveram juntos como "O Primeiro Dia" e "Terra Estrangeira". Todos ótimos!


    abs!

  1. Leandro, estou contigo. Acho Linha de Passe uma golaço no nosso cinema, o que acho uma pena é a merda do ministério da Cultura achar que filmes comerciais tem mais chance de ganhar um Oscar do que belas obras como essa, é realmente uma pena!

  1. Wally says:

    Belo filme que, na minha opinião, não recebeu a atenção merecida.

  1. jeff says:

    Amo Linha de Passe. E fiquei com muita vontade de rever - felizmente tenho o DVD. =) Também adoro Walter Salles, provavelmente seja meu diretor brasileiro preferido - e já tive a honra de falar com ele. Até autografou meu DVD de Diários de Motocicleta. hehe
    Concordo com tudo que escreveu, menos ao dizer que o cinema daqui é decadente.

    []s!

  1. leo says:

    CLEBER O melhor pra mim é que alimentei uma expectativa e que de forma alguma me decepcionei.

    KAMILA Totalmente Walter Salles é GENIAL

    ELTON Sandra Coverloni dá um show,já entre os filhos justo com o Kaique eu não me surpreendi e Terra Estrangeira é um dos melhores filmes nacionais,fácil !

    ROBSON Os filmes que o Ministério da Cultura enviam ao Oscar são risíveis,a intenção do Ministério é fazer os votantes chorar e nem sempre eles querem choro fácil e sem contar acham que enviar filmes de bandido é algo positivo,diabos deu certo uma vez,mas não vai dar de novo.

    WALLY Definitivamente a atenção que deram ao filme foi pífia,em todos os sentidos.

    JEFF Lhe invejo por ter o DVD de Linha de Passe e CONCERTEZA lhe invejo por ter um DVD autografado pelo Walter,mas quando disse que o cinema era decadente eu envolvi todo o continente sul americano.

    ABRAÇOS A TODOS

  1. Eu também adoro Linha de Passe e acho um exemplo que o cinema brasileiro só faz melhorar com o tempo.