Agnes de Deus

Posted: 29 de mar de 2010 by leo in Marcadores:
5

Contém Spoilers

Quando o filho da jovem freira Agnes é encontrado estrangulado pelo cordão umbilical , uma psiquiatra designada judicialmente , Martha Livingston deve decidir se a devota porém problemática garota está apta a submeter-se a um tribunal.Em sua busca pela verdade , Martha bate de frente com a intratável Madre Superiora , que garante que Agnes não se recorda da gravidez.Mas a investigação revela aspectos misteriosos da personalidade de Agnes.

Como na resenha do filme passado (Um Sonho Possível) eu não sou nada simpatizante de filmes com a temática esportiva e já com a temática convento e suas controvérsias é na maioria das vezes filmes que mais me agrada , a uns meses atrás já tinha gostado bastante de Dúvida , só que até então só estava curioso sobre esse Agnes de Deus , então assisti e conferi essa obra prima que não sei porque diabos é esquecido pelo grande público.
Pra início de conversa o filme já começa chamando muita atenção e nos prendendo atenção nos primeiros 3 minutos , desde da cena inicial mergulhamos numa trama envolvente , interessante , intrigante que em qualquer segundos que perder do filme pode ser crucial.

O roteiro e a direção do filme caminham da forma que eu gosto numa sincronia invejável e com uma fotografia simples mas cuidadosa a qualidade do filme só aumenta , falando em qualidade da parte técnica , a trilha sonora de Georges Delerue (toda instrumental) é meticulosa e capta perfeitamente o clima sempre tenso de todo o filme.Os diálogos ágeis e rápidos mostra facilmente que o filme é uma adaptação de uma peça teatral (assim como fica óbvio em Dúvida) , mas isso em nada atrapalha e somente contribui com o clímax das cenas cruciais.

E agora falo aqui do aspecto que mais me chocou positivamente em todo o filme as atuações poderosas do trio Jane Fonda,Anne Bancroft e Meg Tilly , todas tem seu momento crucial durante todo o filme , Meg Tilly extrapola , exagerada (no ótimo sentido da palavra) e é firme e decisiva em todas as cenas em que contracena.Já Jane Fonda e Anne Bancroft não precisam de muito escândalo pra mandarem bem , na técnica e nos fortes trajeitos de ambas personagens vemos como a química entre as duas é boa , ótima por sinal.
E o que falar da cena em que tudo é decisivo , é a cena onde temos a melhor interpretação das três atrizes , é tudo perfeito , os diálogos corridos , os cenários todo em branco mostrando uma tranquilidade um tanto falsa , a expectativa e definitivamente a revelação e é justamente onde temos a prova de que Jane Fonda e Anne Bancroft é duas das atrizes mais absurdas que o cinema já viu , o desmoronamento de suas expressões é coisa de gênios e a serenidade de Meg Tilly quando revela a verdade é fora do normal , uma das cenas mais incríveis que já presenciei.

Por fim Agnes de Deus é um filme obrigatório e ponto final !

Sinopse retirada do e-pipoca


Nota:10/10

Agnes de Deus (Agnes of God,1985)
Diretor :
Norma Jewinson
Roteiro : John Pielmeier baseada da peça Agnes de Deus de John Pielmeier
Elenco : Jane Fonda , Anne Bancroft , Meg Tilly

5 comentários:

  1. Nunca tinha ouvido falar desse, mas só pela sinopse, eu já quero saber o desfecho da obra.

  1. leo says:

    Então corra atrás (ou espera passar na tv né) porque vale muitíssimo a pena.

  1. Gustavo says:

    Tenho muita vontade de ver AGNES DE DEUS, assisti a algumas cenas na TV há anos e foi impressionante.
    FOI APENAS UM SONHO é poderoso, um filme estilhaçador mesmo!

  1. Gustavo says:

    Putz, escrevi no lugar errado! Foi mal...

  1. leo says:

    você deve realmente assistir ao filme , muito bom e também gosto MUITO de Foi Apenas um Sonho.
    Brigado pela visita ;D