Treme

Posted: 18 de ago de 2010 by leo in Marcadores:
5

treme_hbo_02

Nos meados de 2005,uma cruel tempestade atingiu a virtuosa cidade de New Orleans,o Katrina.Onde arruinou famílias,matou pessoas e destruiu sonhos e estabelecimentosa,a única herança que deixou foi o desastre e a tristeza entre seus sobreviventes.É aí que aparece a grande questão da série,após o furacão no que aqueles sobreviventes iriam se suportar pra continuar a vida normalmente.

Pra falar a verdade,duvidei da competência dos criadores da nomeada a melhor série de todos os tempos (The Wire) e me pergunto como eu posso duvidar desses caras que conseguiram tirar extraordinárias histórias onde o grande protagonista é uma catástrofe,mas amiguinhos estamos falando da HBO né.

Antes de falar da série em si,digo que Treme é genial e eficiente já em sua abertura,inicialmente vemos imagens do animado Mardi Gras (que já será citado),logo após o tornado se formando e depois o resultado da catástrofe e sem contar que o contraste é no mínimo curioso porque ao som da animadíssima “The Treme Song” do ótimo John Boutté mesclando com imagens tristes do que restou,mofo,mortes e fotos.

Os pontos de partida da série eram o desaparecimento de Daymo,irmão de LaDonna,o tão esperado Mardi Gras que estava se aproximando e New Orleans precisava se recompor e é claro a tentativa dos personagens se reerguer tanto pessoalmente quanto moralmente (digo como cidadãos americanos já que o governo parecia que queria aproveitar a situação e esquecer as vítimas do Katrina) e com isso Treme funcionou muitíssimo bem como uma homenagem a New Orleans e como uma dura crítica ao governo americano e a centralização Nova Iorquina.

A temporada também citou assuntos delicados na cidade naquela época,como o tal descaso do governo com a educação e a intolerância policial na época devido ao estresse pós-Katrina (e como os roteiristas são brilhantes ouvimos o ponto de vista dos policiais e com isso veio uma atuação ótima de David Morse).Outro questionamento interessante foi sobre o Mardi Gras,já que o povo de New Orleans estava tão animado para o Mardi Gras porque não gastar aquela animação para reconstruir a cidade em ruínas?Tradição ou necessidade?

Como já elogiei o roteiro,o que dizer da parte que mais aprecio,as atuações.O elenco é grande e todos eles estão nada menos que impecáveis,Rob Brown representa bem o maior questionador do Mardi Gras,já Michiel Huisman e Lucia Micarelli defendem perfeitamente o casal que precisava de um susto para parar com os excessos (mesmo que o irritante Sonny volte),Steve Zahn mostra uma das mais simpáticas de suas atuações como uma dos grandes defensores da alegria do Mardi Gras e ainda temos Wendell Pierce que representa bem a boêmia da cidade,a parte musical do carnaval.

Como tudo tem seu ápice,no quesito atuação Kim Dickens,Melissa Leo,John Goodman,Khandi Alexander e principalmente Clarke Peters são os maiores representantes de atuação perfeita.

Kim era a face da derrota,simplesmente nada dava certo na vida de Janette,mas nunca deixando a barra pesar demais e sempre mantendo o ótimo humor e Kim brilhou em sua performance.Melissa Leo e Khandi Alexander impressionam mostrando ter uma química impecável em cena e a atuação de ambas é espetacular na reta final.

Já John Goodman e principalmente Clarke Peters saem como um dos maiores injustiçados pelo Emmy,o que dizer dos vídeos gravados por Cray e a maestria absurda de Big Chief é realmente impressionante a performance fortíssima de ambos.

Por fim Treme é uma das grandes temporadas do ano,atingindo episódio após episódio a perfeição,série incrível,que nos faz se envolver com os personagens,ótima e viciante série.

Nota:10/10

Melhor Episódio:Smoke My Peace Pipe

Melhor Cena:Primeiro vídeo gravado por Cray

5 comentários:

  1. Sem dúvida uma bela surpresa nessa temporada repleta de estreias notáveis. "Treme" tem tudo aquilo que se espera de uma grande série e espero que o nível seja mantido daqui para frente.

  1. Por enquanto só assisti ao episódio 'Pilot', preciso dar continuidade pra formar uma opnião.

  1. Não chega a ser surpresa pq é HBO! hehe

    Quero muito assistir, mais uma crrítica bem posivita!

  1. O Sonny é irritante mesmo, mas a maioria das cenas que mostravam ele tocando com a Annie entraram na minha lista de partes musicais favoritas da série. Mais por causa dela, mas enfim ahahha

    Quando eu comecei minha mini-maratona de Treme eu nem tava tão empolgado, mas a série me conquistou MUITO e MUITO rápido. Não resisti esperar até o ano que vem pra próxima temporada e resolvi virar fanboy do David Simon: vi a minissérie do cara, The Corner, e agora tô me viciando em The Wire :P

  1. leo says:

    VINÍCIUS Também gostaria que o nível continuasse alto,mas é esperar pra ver.

    CLEBER Assista isso logo meu filho,a série é genial.

    BRUNO Mas sim eu tive a audácia de duvidar e felizmente quebrei minha cara.

    GUILHERME essa série facilmente conquista qualquer um,achei ela um arraso em todos os sentidos,estou MUITO curioso pra assistir The Wire.

    Abraço a Todos