Melhores Músicas de 2011

Posted: 23 de dez de 2011 by leo in Marcadores:
4


tumblr_lgkdwl5Ch01qg2d9k

E 2011 vai chegando ao seu fim,um ano agradável quando o assunto é música (ano que vem irei dizer a mesma coisa),mas antes de começar a entregar direto o Top 20 de Melhores Músicas do Ano logo irei explicar.Como falei ano passado,se está faltando algo nessa lista,ou não é boa o suficiente (ou são até boas,só que as escolhidas me ganharam mais fácil),ou eu não ouvi (aliás,deixei diversas coisas interessantes pra trás,pra poder fazer a lista em tempo) e bom ser reforçada a idéia de que quem escolhe essas músicas é alguém que simplesmente não entende nada,somente uma opinião modesta de alguém com um gosto musical muito bom.Enfim,vamos a lista.

 

20° Rashid - Bilhete / Quando o Rap nacional se cansa de reclamar da vida e resolve ser melancólico,deviam fazer mais vezes.

19° Alex Winston – Velvet Elvis / Uma das novas vozes mais peculiares do ano,com uma das letras mais simples e o refrão mais grudentos do ano,Alex Winston é um achado e tanto.

18° Martin Solveig feat Dragonette – Hello / Contagiante,impossível não se apaixonar pela batida cativante nessa que é a melhor parceria do ano numa música e um clipe sensacional,tudo funciona aqui.

17° Rihanna feat Calvin Harris – We Found Love / Eu pensando que Rihanna havia chego ao seu ápice com a maconhice de Man Down,mas We Found Love é simples,rápida e direta,ela realmente achou o caminho perfeito,letra,clipe,tudo muito bem sincronizado nesse que é seu melhor disco.

16° Joss Stone – Newborn / Se já é sensacional ouvir Joss Stone cantar,imagina você ouvir Joss Stone cantar desiludida,em LP1,a mulher tá ferida e com raiva,Newborn é a faixa que abre o disco e ao seu fim,será a faixa que continuará em sua rádio mental,recomendo assistir alguma versão ao vivo.

15° Laura Marling – The Beast / Ano passado cometi o cruel erro de não ter adicionado Devil´s Spoke em minha lista (e ainda não descobri o arrependimento desse ano,claro),mas estou contornando erros do passado pra incluir um acerto,uma música tão sensacional quanto qualquer outra da Laura Marling,The Beast é de uma força sobrenatural,somente ouçam.

14° Coldplay – Hurts Like Heaven / Não lembro de Coldplay ter me conquistado em uma música onde o refrão não me dê sensação de triunfo (mesmo que o tal “triunfo” seja no sentido contrário da palavra),mas aconteceu com Hurts Like Heaven,deliciosamente triste.

13° Iron and Wine – Me and Lazarus / Relutei a ouvir Iron and Wine,me parecia aquela coisa meio Peter Bjorn and John,todos gostam,mas eu não,então me enganei,mas muito,Kiss Each Other Clean é um dos melhores do ano e meu encantamente com Me and Lazarus foi imediato,um hino aos desesperançosos.

12° Tv on the Radio – Repetition / Não sou desses de curtir música protesto,mas quando a mensagem é passada de forma tão sútil numa música de letra tão forte,mas Tv on the Radio diz o que tem que ser dito sem rodeios e com eficiência.

11° Adele – Turning Tables / Chegamos a mulher que me deixou na mais completa dúvida,qual música incluir de 21,mas cheguei a conclusão que Turning Tables do início até o fim grita CLÁSSICO,não sei o motivo,mas algo de muita classe ronda essa música,sem contar no primeiro trecho “Close Enough to Start a War” acerta em cheio,EM CHEIO,música sensacional,difícil falar sobre.

10° Drake feat Rihanna – Take Care / Aqueles belos momentos em que você ouve um Rap e que quando termina,você diz um UFA! Letra forte e pesada,complicada e cantada com perfeição pelo extraordinário Drake.Curiosidade : É a primeira vez que Florence + the Machine faz um cover que não supera o original,ou seja,Take Care é uma música do caralho.

9° Joan as a Police Woman – Kiss the Specifics / Nada melhor introduzir Joan Wasser,quando na posição anterior a palavra que termina o texto é caralho,aliás,o caralho é o 3°elemento necessário e essêncial pra ouvir Kiss the Specifics e o 2° de fato é a boceta,ou outro caralho,sua escolha (já que tá tudo muito popular,tá permitido ser ridículo né) e é dar play na minha 9° posição que a química fluirá perfeitamente,experiência própria,recomendo.

8° Arctic Monkeys – Suck it and See / Mesmo que Suck it and See seja o seu disco mais fraco de todos (cadê as pedras?) essa música é de uma deliciosidade incrível,com um ar nostálgico e com uma mistura simples de doçura e melancolia,Arctic Monkeys mesmo num ano muito positivo,eles conseguem um acerto muito do grande.

7° Jay – Z and Kanye West – Otis / Bag Lady da Erykah Badu e Make Her Say do Kid Cudi,até aqui eram as melhores músicas com Sample de outra música,mas Jay Z e o sempre incrível Kanye West resolveram adicionar o também muito extraordinário Otis Redding com sua melhor (Try a Little Tenderness) e nos brindou com essa incridibilidade que é Otis,aliás,Otis é a música ideal pra se perder a linha,caso você goste de Rap,óbvio.

6°Clare Maguire – Last Dance / Assim como Iron and Wine,relutei pra ouvir Clare Maguire,não sei porque me parecia mais um desses milhões de exemplares daquele pop sem sal que é normal por aí todo ano aparecem milhares,novamente errei,aqui errei muito feio e se não fosse @markwoulddo ia continuar no erro.Clare Maguire faz como o pop deve ser feito,genial,sua voz é de uma força extraordinária e a sensação de entrega que Clare transparece no extraordinário “I Save My Last Dance for You,My Friend” é de emocionar,mais uma pra olhar alguma versão ao vivo.

5° The Do – Slippery Slope / Sabe quando uma música te deixa sem palavras,sabe quando você descobre uma música no início do ano e você simplesmente não consegue esquecer tal música de forma alguma,é assim com Slippery Slope,The Do é a melhor descoberta que fiz esse ano e me pergunto,onde eu estava que consegui sobreviver bem sem Slippery Slope,a letra anda de mãos dadas com seu título,é uma música sufocante.

4° Criolo – Não Existe Amor em SP / Imaginem,passa uma mulher gostosíssima em frente a um boteco,imaginem um bem fuleiro que frequenta os homens mais canalhas possíveis,a mulher passa e o mais natural é todos olharem pra ela,certo? Então,a metáfora é um lixo,mas foi exatamente isso que aconteceu com Criolo,com uma longa carreira no Rap,ele resolveu mudar um pouco e saiu sua obra prima,junto com a nossa primeira colocada,Não Existe Amor em SP possui os trechos mais melancólicos possíveis,linda até o último segundo e a voz extraordinária de Criolo,faz a coisa fluir muito melhor.

3°James Blake – Measurements / James Blake é simplesmente genial,GENIAL,Measurements é basicamente um Coral Churck muito cool e extremamente triste,somente confiram,não é coisa pra somente ouvir,sintam James Blake,não tem o que ser dito.

2° Lykke Li – Sadness is a Blessing / Lykke Li faz um ode ao sentimento mais nobre que todo ser humano deve sentir,é necessário,quando a tristeza é retratada num ritmo tão esperançoso é sempre mais gostoso de se ouvir,se tiverem tempo e oportunidade,ouça a música acompanhada do clipe,o melhor que assisti em toda minha vida (posso tá exagerando,mas o meu preferido mesmo),diz muito mais que muito longa metragem e com o videoclipe concluí tomar o pé na bunda não é motivo de você sair por baixo e que Stellan Skarsgard é extraordinário mesmo quando não diz uma palavra.

1° Florence + the Machine – Shake it Out / Nenhuma música mexeu tanto comigo quanto Shake it Out,sabe aquela música que tu ouve e diz “caramba parece que me conhece muito pessoalmente pra fazer um negócio desse” então,bem isso que ocorre comigo quando ouço (diariamente) a música,todas as frases da música são estritamente perfeitas,sensacionais,de dar frio na espinha,não consigo imaginar a quantidade de adjetivos que posso usar pra descrever tamanha perfeição que é Shake it Out,e se ela não é uma música pra você,ela será.

 

Outras Considerações

Melhor Álbum : Florence + the Machine – Ceremonials
Melhores Artistas : Descobertos Tardiamente : Lykke Li e Fleet Foxes
Guilty Pleasure do Ano : Nicki Minaj e o seu SuperBass e Jeremih com a safadíssima Down on Me
Maior Decepção : Metronomy com The English Riviera,aqueles que todos amam,mas você acha um saco.
Queria muito incluir,mas fiquei com medo de Bullying : Demi Lovato e a linda Skyescraper
Melhor Cover : Robyn – Every Teardrop is a Waterfall
Melhor Vídeo sobre Música : Robyn (novamente) e o elenco de SNL
Pior Música : David Guetta feat Usher – Without You
Todos Amam,eu pouco me fodo : Bon Iver
Todos Amam,mas eu ainda não tive vontade de ouvir : Lana Del Rey

É isso,até 2012

4 comentários:

  1. Pois é, como falei no Twitter, Shake it out tbm é minha favorita do ano! Coisa linda demais esse álbum!

  1. Shake it Out é muuuuito amor =D

    Ah, Chá, vá ouvir Lana Del Rey! rs

    Abs.

  1. Luis Galvão says:

    Adorei a lista! hehehehehe. E mais ainda as outras considerações. Só colocaria Adele um pouco mais no pódio. Mas Florence é Florence.

  1. Não se preoculpe com Bullying. Eu também gosto de 'Skyscraper', a melhor música que a Demi Lovato já cantou. Feliz de ver 'Newborn' ai. ;)