O Oscar em Performances 2011

Posted: 13 de jan de 2012 by leo in Marcadores:
1


Como bem deu pra perceber,essa nova coluna foi criada pra falar sobre as categorias mais importantes do Oscar (as de atuação,no meu ponto de vista,claro).Começarei por 2011,um ano não muito interessante para os atores e interessantíssimo para as atrizes e o um dos anos mais legais pra atriz coadjuvante,vamos ver do que eu to falando :


Melhor Ator

Ano passado,a categoria de ator na minha opinião permanece uma incógnita,não consegui ainda decidir se acho merecida a vitória do Colin Firth ou não,primeiramente,acho que essa vitória é uma espécie de "foi mal aí num ter te premiado ano passado",segundo que eu acho a atuação realmente muito boa em O Discurso do Rei,mas a antipatia que tenho pela sua personagem é tão grande que não consigo apreciar ainda mais a performance.E a pergunta que fica é,se não ele,quem? Jeff Bridges tem uma boa atuação,mas não boa o suficiente pra vitória,sobram o ótimo Javier Bardem no péssimo Biutiful,Jesse Eisenberg friamente incrível em A Rede Social e James Franco que entre os cinco indicados possui a melhor cena (o Talk Show do Aron),enfim,é uma decisão complicada,mas não muito empolgante.


Melhor Atriz

Taí,mas uma categoria que pensaria anos pra escolher,mas provavelmente (provavelmente,vejam bem) escolheria Natalie Portman,explico,Michelle Williams e Nicole Kidman eram suas únicas disputas na minha opinião (na verdade,a única disputa de Portman era Annette Benning,mas tudo isso é minha opinião),mas acho a atuação de Natalie mais envolvente,todo um trabalho completo de corpo,mistura perfeita entre serenidade,vulnerabilidade,loucura.Nicole Kidman em Reencontrando a Felicidade vinha pra dizer que não tinha perdido o fio da meada na carreira e Michelle Williams tem sua melhor performance no excepcional Namorados para Sempre,mas ambas tem o azar de atuar junto com as melhores atuações de Aaron Eckhart (que devia ser indicado) e Ryan Gosling (que devia vencer),Jennifer Lawrence e Annette Benning era cartas fora do baralho,a primeira incrível,mas estreantes não tem sorte e a segunda ótima,mas nada que impressionasse.


Melhor Ator Coadjuvante

A categoria de Ator Coadjuvante costuma ser a mais previsível sempre,e costuma ser a mais certeira também,mas a de 2011 não foi bem assim,previsível foi,mas certeira nem tanto.O vencedor foi Christian Bale ótimo em O Vencedor e no filme o homem tem a cena de sua carreira (o final do filme),mas não achei merecido por motivos de Geoffrey Rush,a verdadeira alma do tragável O Discurso do Rei,a atuação é o que há de melhor em todo o filme,a cena do teste de teatro é um negócio sobrenatural de tão linda e tão triste,só o olhar,arrepia (mas aí lembro do resto do filme e ...).A disputa não era das mais animados,tínhamos o incrível John Hawkes por Inverno da Alma,também tinha Jeremy Renner por Atração Perigosa,boa atuação,mas a indicação deveria ter ido pra Pete Posthlewaite que fechou a carreira com chave de diamante do mais caro valor e o terrível Mark Ruffallo no também apático Minhas Mães e Meu Pai,a indicação surpresa,mais comediante impossível esse Oscar.


Melhor Atriz Coadjuvante

A Categoria mais divertida do ano e o principal motivo disso foi a sempre sensacional Melissa Leo que venceu o prêmio por O Vencedor,merecido? De fato não,gostei de ter vencido? Obviamente que sim.A safada deu uma sambada na cara de todos,por se auto-promover com FYC feitas por ela própria e até presentinhos pros votantes e pior,quando venceu (o que já estava bastante óbvio) a cachorra se faz emocionada,surpresa,resumindo,quenguíssima.Agora falando sério,essa mulher não mereceu sequer a indicação (Olivia Williams,Barbara Hershey estavam todas aí) mas venceu,em minha opinião Amy Adams é vezes melhor que ela em cena,Hailee Steinfeld dá um espetáculo em Bravura Indômita (que também não acho que devia ser indicada pra essa categoria) e Jacki Weaver essa mãe superprotetora sim merecia o prêmio,brutal,um monstro muito do simpático em Reino Animal,mas né,até então ninguém fazia idéia de quem era Jacki e sobre Helena Bonham Carter,essa é outra que deveria ter passado longe da categoria.


É isso,o que vocês acham,acham que falei bosta? acham que to certo? quer me xingar? comentem e até a próxima.

1 comentários:

  1. Concordo com todas as suas colocações e olha, só fui ver O Vencedor hoje e concordo contigo: Melissa foi uma safada, rs Se autopromover foi o fim... Eu acho que ela não mereceu, mas é o jeito, né? Agora já foi.