Hawthorne 1° Temporada

Posted: 6 de dez de 2009 by leo in Marcadores:
0

Depois de assistir ao season finale de Nurse Jackie há alguns dias atrás,resolvi assistir a outra enfermeira tão comentada nessa mid season,a enfermeira da vez é Christina Hawthorne (Jada Pinket Smith),chefe de enfermagem do hospital Richmond Trinity e enquanto a série da enfermeira do All Saints é perfeita a série da enfermeira do Richmond Trinity é repleta de defeitos e fatores desinteressantes.
Pra começar irritando na série é a necessidade de Hawthorne de fazer qualquer coisa pra ajudar os próximos (mesmo o impossível esse raio de mulher faz) mas sabemos que Hawthorne faz tudo isso por se achar culpada da morte do seu marido,vemos Hawthorne passar por cima de tudo e todos para ajudar seus protegidos a até desafiar o diretor do hospital.
Conhecemos a enfermeira Bobbie Jackson (Suleka Matthew) melhor amiga de Christina e enfermeira deficiente (sem uma perna),temos o enfermeiro Ray Stein (David Julian Hirsch) no qual é apaixonado por Candy (Christina Moore) e que pra terminar o triângulo amoroso desinteressante temos a Dr.Marshall (Anne Ramsay) uma médica que denigre e diminui a função do enfermeiro no hospital,temos também Camille (Hannah Hodson),a filha problemática e a pessoa que mais aceitou a morte do pai,temos o Dr.Tom Wakefield (Michael Vartan) um personagem na série que alguma hora tem que servir pra algo (ainda é desconhecida qual é a real relação dele com Christina na série,mas uma cagada da série),tem também a sogra de Christina,Amanda Hawthorne (Joana Cassidy) uma poderosa mulher no ramo da saúde e super bitch way of life e bem desinteressante também,pra terminar temos a enfermeira Kelly (Vanessa Lengies) ou seja a personagem mais chata,insossa e irritante da série que só serviu pra alívio cômico e não tem a menor graça.
O que é bem interessante é que vemos o ponto de vista dos enfermeiros que são normalmentes escurraçados e esculachados pelos médicos nas séries (House,Grey´s Anatomy,ER,Private Practice) mas a série é repleta de pecados.
Outra coisa que me incomodou na série é que a série simplesmente não tem cliffhangers nem de um episódio pro outro e nem pra próxima temporada (série sem cliffhanger não tem muita graça,vamos combinar).
Tá depois de tantas críticas pra série temos que combinar que Jada Pinkett tem um desempenho bem agradável,a atriz é dramática no ponto certo e sem exageros.
Por fim série regular,assistível que vale mais pelo bom desempenho de Jada Pinkett.

Nota:7/10

MVP:Jada Pinkett (1.10),Suleka Matthew (1.08),Michael Vartan (1.10),Vanessa Lengies (sim!ela) (1.09)

Melhor Episódio:Mother´s Day

0 comentários: